Um homem foi preso na noite do sábado (27) suspeito de matar a namorada, que estava grávida, por asfixia, em Agrestina, no Agreste de Pernambuco. Em seguida, o criminoso enterrou o corpo de Shirlly Maclane Melo Barros, de 32 anos, em um matagal. De acordo com o delegado Eric Costa, ele usou um fio de secador para cometer o crime e, em seguida, registrou o desaparecimento dela na delegacia.

"O desaparecimento de Shirlly foi notado pela família poucas horas depois do crime e logo noticiado à Polícia Civil, na manhã seguinte ao fato", conforme informou a Polícia Civil. A vítima não era vista desde a sexta-feira (26). A polícia analisou imagens de câmeras de segurança, que flagraram o suspeito saindo da casa da namorada, local onde o crime foi cometido.

Após a análise, buscas foram feitas e o criminoso foi encontrado bebendo em um bar, segundo a Polícia Civil. Os policiais o convidaram a retornar à delegacia e, no local, ele confessou que havia cometido o crime e contou detalhes de como o caso aconteceu. Ele foi autuado em flagrante por feminicídio. 

Fonte: G1