Na manhã desta sexta-feira (6), o secretário estadual de Saúde, André Longo, cumpriu agenda no Agreste de Pernambuco e visitou as obras de construção do Centro de Hemodiálise de Caruaru, que está sendo erguido no terreno do Hospital Mestre Vitalino (HMV). Durante a agenda, o gestor estadual também visitou o canteiro de obras do Hospital da Mulher do Agreste, que retomou os serviços.

Com o Centro de Hemodiálise, pacientes que sofrem com doença renal crônica e necessitam de assistência para realizar sessões de hemodiálise terão um centro especializado, com estrutura de ponta e atendimento humanizado. O serviço vai contar com 62 leitos, com capacidade para quase 5 mil sessões de hemodiálise por mês.

Já o Hospital da Mulher do Agreste está 60% concluído. Quando for inaugurado, o Hospital da Mulher do Agreste contará com um total de 172 leitos, sendo 10 leitos de emergência, 104 leitos de enfermaria para obstetrícia de alto risco, ginecologia e alojamento conjunto, 10 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) adulto, 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), 17 leitos de Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal, (UCIN) e 7 de Unidade de Cuidados Intermediário Neonatal Canguru (UNICa) e 4 leitos para Unidade para Atendimento de Pessoas Vítimas de Violência.

A infraestrutura contemplará uma Casa da Gestante, Bebê e Puérpera (CGBP), com capacidade para acomodar 20 pessoas, um Centro de Parto Normal (CPN) e um bloco cirúrgico composto por salas de cirurgia e leitos de recuperação pós-anestésica. Além de um ambulatório com 18 consultórios para atendimento em várias especialidades, a unidade contará com consultório odontológico, Agência Transfusional, Banco de Coleta e Processamento de Leite e um Centro de Diagnóstico por Imagem.

G1 Caruaru