Um policial militar matou a esposa e depois tirou a própria vida na manhã desta quinta-feira (29), em Surubim, no Agreste de Pernambuco. O crime aconteceu na Rua Leonor Batista.

Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, Vicente Melo efetuou vários tiros na mulher, identificada como Juliana Melo, e em seguida, atirou em si mesmo.

Mãe da vítima lamentou o acontecimento. "Era um casal unido e eles tinham tudo para ser feliz. Ainda não acredito que aconteceu isso com minha filha e o meu genro", falou.

Policial militar mata ex-companheira a tiros e se mata em seguida, em Caruaru

As Polícias Militar e Civil estiveram no local para as medidas cabíveis. A Polícia Civil não deu detalhes e investiga o caso.

Outro caso

Um caso semelhante também aconteceu em Caruaru, em maio deste ano. Um policial militar, identificado como Alef Joanes, de 23 anos, matou ex-companheira, Débora Siqueira, de 21, a tiros e se matou em seguida, no bairro Indianópolis, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco.

Policiais militares passavam próximo ao local quando ouviram disparos de arma de fogo. No local, a equipe encontrou os corpos do PM e da mulher. "Tudo indica que o casal teve uma discussão. Ele chegou na residência onde ela estava, residência da família dela. Eles moravam juntos, mas tiveram uma separação recente. Infelizmente, ocorreu essa tragédia", disse o delegado Eric Costa.

A família contou à polícia que o casal passava por um momento conturbado na relação. A vítima trabalhava em uma operadora de celular e cursava direito. O caso será investigado pela Polícia Civil.

G1 Caruaru