Policiais Civis da Delegacia de Bom Conselho, sob comando do Delegado Alysson Câmara, contando com apoio de policiais militares da 2ª CIA. da cidade e do Centro de Monitoramento de Reeducandos da SERES – CEMER, deram cumprimento, na tarde desta quarta-feira, 10, a um mandado de prisão condenatório expedido pelo Juízo de Direito de comarca de Bom Conselho em desfavor de Pedro Hugo Tenório Cabral Madruga, vulgo “Huguinho”, o qual responde há diversos processos no município.

Conforme a Polícia Civil, o preso e apontado pela prática dos mais variados crimes, dentre os quais: organização criminosa, roubo, adulteração, receptação, falsificação de documento público, porte ilegal de armas e corrupção de menores. Ele era o líder da referida organização criminosa com atuação nos Estados de Pernambuco e Alagoas, o qual foi alvo da “Operação Fronteira Segura” deflagrada ano passado, onde foram presos mais de 11 integrantes do grupo, sendo recuperados, ao longo das investigações, mais de 70 veículos roubados e já clonados pelo grupo. O marginal foi condenado pelo Juízo de Direito da Comarca de Bom Conselho, há mais de 7 anos de cadeia em um dos processos ao qual responde.

Após os procedimentos legais cabíveis, dentre os quais a realização de exame traumatológico, o preso será apresentado em Audiência de Custódia na cidade de Garanhuns e, posteriormente, recolhido ao Sistema Prisional.

Nesta semana a Delegacia de Bom Conselho já cumpriu um total de três mandados de prisão, retirando de circulação mais dois indivíduos além de “Huguinho”, tendo sido capturado no dia 8/8/2022 a pessoa de Isvaldo Dos Santos Reais, vulgo “Badinha” foragido da Justiça do Espírito Santo, onde praticou crime de Homicídio Qualificado e Furto e no dia 9/08/2022 foi preso o indivíduo Luís Silva Cordeiro, conhecido por “Lula” que responde a processo por Lesão Corporal Seguida de Morte, na Comarca de Bom Conselho.

Postado Por: Jailson Ferreira

Fonte: Agreste Violento