O pré-candidato do União Brasil ao governo de Pernambuco, Miguel Coelho, anunciou, nesta quinta-feira (30), o nome da deputada estadual Alessandra Vieira como pré-candidata a vice-governadora do estado.

Ela, que também é do União Brasil, tem 48 anos, nasceu no município de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste, e está no primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

O anúncio foi feito durante evento realizado pelo partido no bairro das Graças, na Zona Norte do Recife, com a presença de lideranças do União Brasil em Pernambuco.

Miguel Coelho, ao anunciar a vice, elogiou a trajetória da correligionária e disse que a escolheu não como forma de “barganha política”, mas para que ela seja uma “vice-governadora protagonista”, caso a chapa seja eleita ao governo.

“A gente foi atrás de uma pessoa ideal para poder somar o que Pernambuco está precisando de mais urgente. Pernambuco precisa de sensibilidade, empatia, coração e, acima de tudo, resiliência e força. E a história de Alessandra se confunde com esses caminhos”, afirmou Miguel.

Alessandra Vieira falou sobre a própria história de vida e lembrou ter ficado órfã aos 9 meses. Contou que, no polo têxtil do Agreste de Pernambuco, a mãe trabalhava como costureira e ela e os irmãos vendiam as mercadorias.

“A gente vê o potencial que Toritama tem nas lavanderias e cadê a água? Foi há oito anos a promessa de trazer a água para o Agreste. Há quatro anos, de novo, e, agora, de novo. Promessas, só promessas. A gente precisa chegar naqueles que o governo do estado não quer enxergar. Uma das minhas lutas é água, é estrada”, disse Alessandra.

Atualmente, Alessandra Vieira ocupa o cargo de 4ª secretária da Mesa Diretora da Alepe. Ela foi eleita pelo PSDB, com 45.115 votos. Chegou a ser presidente estadual do partido, que tem a ex-prefeita de Caruaru Raquel Lyra como pré-candidata ao governo. Em fevereiro, rompeu com os tucanos e se filiou ao União Brasil.

LEIA TAMBÉM:

Saiba quem são os pré-candidatos ao governo do estado

Confira os pré-candidatos ao Senado por PE

A pré-candidata entrou na militância política aos 15 anos, no Agreste. Foi primeira-dama de Santa Cruz do Capibaribe entre 2013 e 2020, quando o marido dela, Edson Vieira, era prefeito. Em 2013, ocupou o cargo de secretária de Cidadania e Inclusão Social do município.

Miguel Coelho, que é ex-prefeito de Petrolina, no Sertão, foi o segundo pré-candidato ao governo de Pernambuco a anunciar o pleiteante a vice. A primeira foi Marília Arraes (Solidariedade), em 19 de junho, quando foi anunciado o nome do deputado federal Sebastião Oliveira (Avante).

Fonte: G1