A Agência Nacional de Energia Elétrica determinou nesta terça-feira (21) o mais recente reajuste anual das bandeiras tarifárias, que deve aumentar as contas de luz em até 64%.

De acordo com o reajuste, a partir de 1º de julho, a bandeira vermelha patamar 1 terá a maior alta, exatos 63,7%, aumento de cerca de R$ 2,50 por 100 kWh.

A bandeira amarela também terá aumento significativo, 59,5% ou R$ 1,10 por 100 kWh, enquanto a bandeira vermelha patamar 2 registrará apenas acréscimo de 3,2% ou 30 centavos por 100 kWh. A bandeira verde, em vigor desde de 16 de abril, se mantém sem cobrança.

Por O Antagonista