A Secretaria de Educação e Esportes (Seduc) de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, implantou nas escolas o Alfabetômetro. O instrumento de gestão pedagógica tem o objetivo de identificar e acompanhar o processo de alfabetização de todos os alunos da rede municipal e, consequentemente, realizar trabalhos direcionados para cada situação, caso necessário. A ação tem como base a Psicogênese da Língua Escrita.

De acordo com a secretária executiva pedagógica, Joana Torres, a ferramenta funciona como um termômetro, no qual contém hipóteses (etapas) de níveis de aprendizado a serem seguidas, até alcançar o objetivo, que é a alfabetização. Nela, também é possível enxergar a situação de várias formas, a exemplo de quantos estudantes não estão alfabetizados, quantos estão em processo de alfabetização e quantos já estão alfabetizados.

Todas as escolas contam com um Alfabetômetro, em formato de painel, que é alimentado pela coordenação pedagógica, com base em avaliações periódicas de sondagem de leitura escrita.

“Por meio do Alfabetômetro, vamos ter uma real situação de cada aluno e poder agir diretamente na dificuldade, acelerando o processo de aprendizagem de toda a rede municipal de ensino”, concluiu o secretário.

G1 Caruaru